Luizim e suas andanças, de Minas para o mundo

0
288

Neste capítulo da Histórias Duas Rodas – nossa ação preferida sobre vocês –, contaremos sobre viagens. Afinal, quem não ama aquele vento na cara e mais uma adrenalina na conta enquanto corre a mais de 100km/h, de acordo com os limites de velocidade da estrada?

Outro universo, fala sério?! Agora, imagina andar a rumos distintos, por horas, percorrendo desde Florianópolis, até a Bahia, passando por Belo Horizonte inteirinho?

Este é o caso do Luizim, super amigo do Salão Duas Rodas, que compartilhou sua história com a gente, e como foi viajar sobre duas rodas.

Luizim em: viagens

“Em 2018 eu trabalhava numa equipe de motocross (Yamaha geração). A sede fica na cidade de Florianópolis, em Santa Catarina, local em que eu morava.

Eu trabalhava como mecânico de um piloto do nordeste, o Tallys Nathan. O rapaz morava em Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco.

Com o decorrer do ano e do campeonato brasileiro de motocross, eu tive que mudar para Pernambuco, para dar assistência ao piloto. Com isso, eu saí do posto de combustível da cidade de Governador Celso Ramos, em uma tarde de quinta-feira, fui até Curitiba e pude me recolher na casa de conhecidos.

Na sexta feira sai bem cedo e fui até Minas Gerais, local em que sou natural. Ali passei a noite na casa da minha família”, reforça Luiz.

Luizim ainda conta que na época ele não conhecia nada das estradas. Mas certamente entendemos que sua vontade de viajar o mundo e o seu amor por motos, venceu todos os medos e obstáculos possíveis!

“Eu só peguei a moto e fui. De Floripa até BH eu conhecia bem, mas a partir da Bahia…tudo era novidade. Mesmo assim, foi eu e o gps”, finaliza.

Nós do Salão Duas Rodas identificamos essa amizade verdadeira entre motorista e GPS…ô se sim!

E você, se identifica com essa referência de pé na estrada, com a cara e a coragem do Luizim?

Se sim, então te desafiamos a compartilhar sua aventura pelas estradas de onde você mora.

Facebook Comments